terça-feira, 8 de abril de 2014

Relações protegidas

No momento, estou encarando uma dificuldade muito profunda em falar verdades quando estas machucam outros.
Muito profunda e muito entranhada em todas as minhas relações.

Em
absolutamente
todas
as
minhas
relações.

Me afundei tanto nos meus mundos e nos meus medos que me descubro afogada em covardia e tomando decisões que machucam mais que a verdade em si. Tudo para proteger. A quem?
Covarde, me escondo.
Depois de desembaralhar a confusão dos meus pensamentos, respiro fundo, tomando coragem para falar, finalmente, o que penso. A boca não abre.
O estômago arde.
A respiração acelera.
O coração pára.
Verdades docemente guardadas por toda uma vida, entupindo artérias e amores.
Envenenando relações.
Relações protegidas da verdade.
Poupam a dor? Às vezes.
E impedem o crescimento.
Ser sincera talvez seja meu próximo grande objetivo na vida.
Será que um dia eu alcanço?

Um comentário: