quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Eu, minha amiga

Se eu fosse minha amiga,
Me daria conselhos,
Sobre amor, vida e dinheiro.

Me levaria para o cinema,
piqueniques e eventos culturais.

Me abraçaria forte em momentos difíceis,
mostrando apoio e amor.

Diria que eu devo ter força
Para não deixar ninguém me fazer sentir menor.

Confortaria minha dor
E não me deixaria sofrer além do inevitável.

Me sinto tão só.
Neste momento, a única presença que me completaria totalmente
É eu mesma.
Como minha amiga.

Mas às vezes acho que até eu me abandonei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário