sábado, 13 de abril de 2013

Primeiro embarque

Quando o helicóptero saiu do chão, o que eu mais queria era ter um amigo do lado para poder gritar "Estamos voando!", mas eu guardei para gritar depois. O meu grito naquela hora se transformou numa risada contida.
Eu não sabia o quanto as nuvens são bonitas e parecidas com algodão doce quando vistas bem de pertinho, o quanto fica fresquinho e branco quando a gente entra nelas e o quanto o mundo parece a coisa mais linda quando você deixa todo aquele branco para trás.
Não tenho fotos, mas acho que dá pra explicar bem as coisas que nunca vou esquecer. Tipo aqueles carneirinhos no mar formados pelo vento e os golfinhos que passaram bem perto.
E o balanço do barco.
Esse não foi lá de tanta ajuda pra uma marinheira de primeira viagem.

Um comentário: