segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Os meus 20 dedos podres

Raiva é uma coisa que eu não sei lidar.
Não sei mesmo.
Acho que não me acostumei a extravasar com a vida.
Guardo tudo.
Engulo as palavras e as lágrimas e me encharco por dentro.
Por fora, só a face dura que diz que alguma coisa errada está acontecendo.
Que bom que minha memória é curta e eu sei que rapidinho eu esqueço.
Não que eu vá agir igual.
Confiar igual.
Isso não.
Mas eu já disse isso uma vez, e digo de novo:
Só quero sentir o que me faz bem.
Raiva e ressentimento estão bem longe desta lista.
Mas aí a cair duas vezes na mesma armadilha...

Nenhum comentário:

Postar um comentário