sábado, 4 de setembro de 2010

Segredos e surpresas

Me senti naquele brinquedo de encaixar de bebês. Eu tinha certeza que o cubo cabia no círculo, e fiquei ali forçando, tentando encaixar. Eu e minhas metáforas idiotas.
Estava pensando em expectativas e surpresas.
Às vezes criamos expectativas em cima de ilusões e nos decepcionamos. E, às vezes, - e eu estou com problemas em lidar com isso - criamos expectativas em cima de fatos, palavras, olhares, e, de uma hora para outra, tudo muda. Porque você estava vendo tudo diferente. Porque você estava tentando encaixar o cubo no círculo.
Não é com tristeza que digo isso. Nem raiva. Mas com um espanto que não cabe em mim.
Usando mais uma metáfora horrível, é tipo um poodle cão de guarda. Quando você vê um poodle você cria uma expectativa. Quando você pensa em um cão de guarda você cria outra completamente diferente. A junção das duas é no mínimo estranha.
Sério, essas coisas me assustam.
Pessoas me assustam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário