domingo, 6 de junho de 2010

Afélio

Hoje fez sol e frio, e as pessoas não sabiam o que vestir. Andei na rua e reparei que alguns se encolhiam, visivelmente arrependidos de não estarem com roupas mais quentes e outros, como que para aproveitar o sol, seguravam displicentemente os casacos mesmo sentindo frio no vento forte que soprava.
É o inverno chegando. Hora de se esconder. Quando nus, apenas carne, osso e sentimentos, somos frágeis demais e as roupas que usamos para nos proteger do frio nos arrancam o tato.
Meus melhores sapatos são meus pés descalços. Permitem sentir o toque na pele e aguentam bem a corrida. Muito melhores que aquelas sandálias de salto.
Os dias não vão voltar, eu tentei avisar. Você vai me esquecer e não te culpo por isso.
Mas eu não esqueço o que um dia me fez feliz. Prefiro assim.
Eu te disse. Ou será que sonhei?
Tem dias em que o sol se esconde.
E tem outros em que a gente esconde o sol com nossas nuvens de brinquedo.

Um comentário:

  1. amei! você é uma pessoa que faz o sol aparecer na minha vida.
    beijao

    ResponderExcluir