domingo, 20 de dezembro de 2009

Mariana e o abraço nas canelas

Foi uma garotinha que mal alcançava meus joelhos que me mostrou o que eu precisava ver.
Ela me mostrou que o mundo ainda tem jeito.
Foi ela quem me deu esperanças de que o futuro ainda possa ser feito de pessoas boas.
Ela, com toda aquela pureza de criança, abraçou minhas canelas, e era tudo o que eu precisava. Um abraço sem motivo. Um carinho inesperado.
Ela me deu uma alegria que há tempos eu não sentia.
E essa alegria me fez possível pensar em um futuro bom e feliz, sem a perfeição impossível dos sonhos.
Um futuro possível. E doce. Como ela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário